Dizer “não” pode ser bom

Quem nunca teve um cliente que pediu uma atividade para ontem? Ou aquele que quase não tinha verba para o projeto e queria contratar seus serviços a todo custo? Para não decepcioná-lo, você disse sim. A partir daí, você se ferrou a chance de você decepcioná-lo se multiplicou. Se você parasse para analisar, o prazo curto ia atrapalhar outros projetos que estavam em andamento, o orçamento pequeno iria prejudicar a saúde financeira do seu negócio. Enfim, parece que quando você aceita essas condições, você é castigado por algum ente.

Eu já dei muitos “sim” quando devia dizer “não”. E acho que depois de muitas experiências, finalmente estou aprendendo a dizer não. Não ao prazo curto, não ao orçamento apertado, não ao projeto que não desafia.

Parece justiça divina(rs), mas sempre que dou um não, logo depois aparece uma oportunidade bem melhor e mais saudável.

Portanto, pense bem: um “não”pode ser melhor do que muitos “sim” que damos por aí. Você não precisa ser arrogante negando algo. Sempre explique os seus reais motivos, que seu cliente vai te entender.

É até interessante ter um concorrente para indicar caso você não consiga atender alguém. No fim das contas, é melhor ter um cliente feliz com o serviço de um concorrente do que um frustrado com o que você ofereceu.

diganao

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>